quinta-feira, 10 de outubro de 2013

MARATONA ZON AÇORES - RESUMO

A MARATONA ZON Açores, a primeira de carácter oficial realizada nos Açores, ficará seguramente na memória dos participantes e Organização, entre outros, pelas condições atmosféricas que se faziam sentir. Os percursos escolhidos já continham em si muitas dificuldades técnicas e físicas, mas quis o destino que a chuva, vento e nevoeiro também integrassem o lote dessas dificuldades. O resultado foi uma prova muito dura. O enquadramento paisagístico desta prova, seguramente o melhor que podemos ter numa prova deste género a nível nacional, resumiu-se a… nevoeiro…
Mas quem está habituado a praticar BTT, também sabe que num cenário destes, quando os desafios se colocam desta forma, a satisfação por participar/terminar é ainda maior… perdura por mais tempo. Pensamos não estar enganados se dissermos que este foi o sentimento reinante entre os que alinharam… provavelmente não nos momentos a seguir à prova, mas nas horas e dias seguintes :)

Pódio da Maratona - Foto: Duarte Sousa

Em termos de classificações de destacar a vitória de Nuno Silva na maratona destinada a atletas federados, com um tempo total de prova de 2:59:33. Foi um tempo que superou as melhores expectativas da Organização. A participação regular do Nuno em provas deste género no continente não está seguramente alheia a este excelente desempenho. Nos restantes lugares do pódio ficaram Bruno Fernandes e Sérgio Chaves. Mário Marques venceu na maratona para atletas sem licença de competição, com 4:18:20, secundado por Alexandre Ferreira. 
David Morais venceu na meia maratona para federados com um tempo de 1:48:27, seguido de Dani Pardal e João Paulo Amaral. Já na meia maratona para atletas da classe promoção, vitória para Óscar Ferreira com 2:01:28, seguido de José Viveiros e André Bairos. Marília Machado, a única participante feminina acabou por abandonar, vítima de queda embora sem muita gravidade. 
Nunca é demais vincar o agradecimento às várias entidades que colaboraram neste evento, com destaque para ZON Açores por mais uma vez confiar na equipa organizativa e se associar com entusiasmo a este evento. 

Este tipo de eventos requer uma preparação longa. Perdem-se muitas, muitas horas a planear, definir estratégias, marcar percursos, recolher as marcações. É necessária uma equipa numerosa de voluntários. A BIKE MAIS tudo fará para conseguir organizar mais um evento desta natureza no próximo ano, apontando baterias para final de Setembro, princípio de Outubro. 
Uma Taça de maratonas (com 3 provas por exemplo) só será realizável se houver o envolvimento de outras entidades/clubes a organizar as outras 2 provas. Fica desde já o desafio a potenciais interessados. 

Fiquem bem!

0 comentários:

Enviar um comentário

Twitter Delicious Facebook Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | SharePoint Demo