domingo, 17 de fevereiro de 2013

PINHAL DA PAZ 2013 - MAIS UM DIA DAQUELES


O Pinhal da Paz encheu-se de cor ao receber a caravana do BTT para a realização da prova de abertura da Taça de XC de São Miguel. Com uma lista de inscritos muito bem composta, e mais importante, com muitas equipas a competir, podemos dizer que se viveu uma grande jornada de BTT.

Por momentos podemos dizer que o Pinhal da Paz cheirou… a novo… dos equipamentos… lol

A ansiedade pairava no ar. Cerca de 20 minutos antes do inicio da corrida principal, o barulho dos pneus a queimar nos rolos de aquecimento, fez-nos dissipar quaisquer dúvidas… a competição começou!


Paulo Silva ao vencer a corrida de promoção tornou-se o primeiro vencedor da época. Estava lançado o mote para o que vinha a seguir. E o que veio a seguir foi uma grande corrida de cadetes, que acabou disputada ao sprint entre o Filipe Medeiros e o Fábio Castro. O Filipe venceu, mas fica na retina a grande estreia do Fábio, que fez a sua primeira corrida entre “os grandes”. João Viveiros ainda liderava a corrida no final da primeira volta, mas depois perdeu algum terreno. Ainda assim um terceiro lugar a uma distância tão curta dos primeiros que deu para assistir ao sprint na primeira fila. Nas senhoras apenas duas atletas à partida. Vitória confortável da Marília sobre a Fabiana.

Na Corrida principal estavam em jogo as vitórias em Elites, Juniores, Masters A e Masters B/C. José Pedro Correia estreou-se da melhor forma ao vencer no escalão principal, o de Elites, com uma vantagem muito confortável sobre Diogo Brilhante. Domínio claro dos ex-juniores, com especial destaque para o José Pedro Correia, claro está. Tiago Furna, mais experiente nestas andanças, ainda andou em luta com o Diogo mas teve de se contentar com o 3.º lugar.

A subida do José Pedro e do Diogo ao escalão principal deixou o caminho aberto ao Rodrigo Soares para vencer na categoria de Juniores. E a verdade é que venceu , embora Vítor Sousa não tivesse ficado assim tão distante. Destaque para o 3.º lugar de Alexandre Rego que evidenciou uma clara subida de rendimento em relação ao ano anterior.

Nos Masters A, David Morais e Bruno Fernandes rolaram sempre juntos, acabando por discutir a vitória também ao sprint, à semelhança do que tinha acontecido nos Cadetes. O tempo feito por ambos na sua última volta deixa adivinhar que lutaram “forte” pela vitória. A 29 levou a melhor sobre a 26… será isso?
O "carismático" Gandarinho fez 3.º lugar, mostrando uma cada vez maior adaptação ao XC!

Em Masters B/C prova tranquila de Jorge Medeiros, mesmo com um furo a meio da 4.ª volta que o obrigou a trocar de roda já na assistência. Luís Onça fez 2.º lugar, seguido do grande João Amaral, a obter assim um pódio numa prova de XC o que é pouco habitual… um exemplo para todos aqueles que gostam desta modalidade!

Próximo encontro marcado para daqui a 15 dias nas Sete Cidades, num circuito que ao longo dos anos tem vindo a ganhar a reputação de ser o melhor da Taça. Vamos lá levar esta grande caravana até lá.

Fiquem bem! 

0 comentários:

Enviar um comentário

Twitter Delicious Facebook Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | SharePoint Demo